Logística

O que é FEFO? Entenda sua importância

como funciona o fefo
Escrito por Simplifica Fretes

FEFO, First expire, first out em inglês, ou primeiro que vence, primeiro que sai em português, é um método de valoração de estoques altamente perecíveis, cuja aplicação está relacionada à conta contábil Ativo Circulante, exclusivamente para apuração de lucro e não para apuração de imposto de renda, que aceita somente o método FIFO (first in, first out) de valoração.

O tempo é um fator agravante para as condições de preservação, por esse motivo, devem ser tomadas as devidas precauções para que produtos fiquem menos tempo estocados. Para essa efetividade, é preciso utilizar o método FEFO com um sistema de gerenciamento de armazém (WMS) e um sistema de código de barras.

Falaremos um pouco mais sobre essa prática de Supply Chain Management, sua importância para as empresas e para os transportes. Confira!

Diferenciação aos demais métodos

Diferencia-se dos métodos FIFO e LIFO (last in, last out), além do prazo de validade, a variação de preço dos insumos e produtos quando há inflação ou deflação, aumento arbitrário ou adicionados custos variáveis em sua formação, como um frete ou depreciação por manutenção de estoque, por exemplo.

A importância do FEFO no Supply Chain Management

Sua importância se dá na gestão de estoques, porque, com sua utilização, é possível reduzir perdas e custos com manutenção dos produtos em centros de distribuição, armazéns ou almoxarifados, já que o acondicionamento e transporte inadequados de estoques perecíveis são altamente prejudiciais aos resultados de produção, venda e credibilidade da marca.

A aplicação do método FEFO

O método FEFO é utilizado largamente para gerir estoques de alimentos frescos, como carnes, derivados de leite, bebidas, para o agronegócio e na indústria química e farmacêutica.

É também muito utilizado na composição de layouts de supermercados, cujo ponto de atenção deve ser maior que os demais produtos para proporcionar uma venda mais rápida, sendo, inclusive, motivo para maior estímulo de vendas por meio de descontos promocionais e anúncios em meios de comunicação.

FEFO nos transportes

O transporte de carga perecível é uma fase da cadeia de suprimentos bem mais vulnerável. No Brasil, esse cenário ainda é dificultado pelas péssimas condições da malha viária nacional e por longas distâncias aos portos, que obrigam o melhor gerenciamento de carga e o maior controle do embarcador.

Durante o transporte e na ocorrência do transbordo, a exposição à contaminação externa, seja ela biológica, química ou física, por meio de sujeira e temperatura, por exemplo, podem ser atenuadas com a utilização da metodologia FEFO, se aliada à existência de instalações adequadas, tanto de recebimento quanto de expedição, além do uso de docas niveladoras para a realização do processo em contêineres em importações e exportações que, como os veículos, precisam estar em condições adequadas para refrigeração.

Em junho de 2002, por meio da norma NBR 14701, regulamentaram-se os procedimentos no que tange o transporte de produtos alimentícios refrigerados, relacionada, principalmente, à temperatura da carga, que precisa ser adequada ao longo de toda a cadeia de abastecimento até a sua entrega ao consumidor.

Essa regulamentação obriga a conscientização de empresas, embarcadores e motoristas, quanto à importância de um gerenciamento maior e a manutenção e movimentação de estoques perecíveis feitos de forma adequada pelo método FEFO para oferecer o melhor ao consumidor.

A aplicação do método FEFO é de suma importância para garantir que a qualidade dos produtos perecíveis não seja comprometida durante o transporte. Portanto, agora que você já entendeu a sua importância, coloque-o em prática no seu negócio agora mesmo!

Quer entender mais sobre esse conceito? Que tal se aprofundar conhecendo outro método de valoração de estoque!

Sobre o autor

Simplifica Fretes

Deixar comentário.

Share This