Logística

Conheça os 5 principais modais de transporte no Brasil

Escrito por Simplifica Fretes

Reduzir custos com logística é uma tarefa que exige bastante conhecimento do gestor. Para ter sucesso, é preciso estudar as vantagens de cada um dos modais de transporte utilizados no Brasil.

Com esse objetivo, explicamos neste post as características dos 5 principais meios para conduzir mercadorias no país. Acompanhe!

1. Rodoviário

O transporte rodoviário é o mais utilizado no Brasil. Responsável por cerca de 75% da distribuição, o modal conduz de insumos a produtos industrializados.

O uso de caminhões e carretas nas estradas do país cresce desde a década de 50. As rotas incluem trajetos que cortam o país de norte a sul, embora esse formato seja indicado para a logística de curta distância.

O alto custo do frete — provocado pelo preço do combustível —, dos pedágios e dos custos de manutenção — provocados pela baixa qualidade das rodovias — é uma das grandes desvantagens do transporte rodoviário.

Vantagens:

  • simplicidade para contratar;

  • flexibilidade para definir rotas;

  • pode ser combinado com outros modais, como ferroviário e aéreo.

2. Ferroviário

O modal ferroviário é indicado para cargas de volumes muito grandes, que precisam ser deslocados por longos trajetos. Precisa ser combinado com outros modais, sobretudo o rodoviário, pois possui baixa flexibilidade (o carregamento chega a um local fixo).

Entre os modais de transporte, é o preferido para transportar mercadorias pesadas, como minério de ferro, siderúrgicos e agrícolas.

Vantagens:

  • baixo custo;

  • alta capacidade de carga;

  • baixo risco de acidentes.

3. Aéreo

O transporte aéreo permite cobrir longas distâncias, em territórios nacional e internacional, de forma ágil e rápida. Embora o modal tenha limites para volume, tamanho e quantidade de material transportado, ele é indicado para o carregamento de eletrônicos e outras mercadorias frágeis.

A via aérea precisa ser combinada com outros modais para ser efetiva. Afinal, a carga deve chegar até o aeroporto e depois ser escoada de lá.

Vantagens:

  • cobre longas distâncias;

  • tem trânsito exclusivo;

  • aeroportos ficam próximos a grandes centros urbanos;

  • oferece rapidez de transporte.

4. Aquaviário

Assim como o modal aéreo, o aquaviário é indicado para percorrer grandes distâncias, embora de maneira mais lenta. A vantagem desse modelo é oferecer condições para transportar bastante quantidade de carga, tal como o ferroviário.

Precisa ser combinado com outros tipos de transporte para ser efetivo, uma vez que a mercadoria precisa ser escoada dos portos. Além do oceano, o transporte também necessita de rios que suportem a navegação de grandes embarcações.

Vantagens:

  • transporte de altos volumes;

  • consegue percorrer longos trajetos;

  • tem baixo valor de frete.

5. Dutoviário

O transporte dutoviário é realizado por meio de dutos e tubos subterrâneos, submarinos ou aparentes — e é realizado por meio da pressão colocada nesses canais. Tem alto custo de instalação, mas compensa pela baixa necessidade de manutenção.

Esse modal é indicado para o trânsito de gases e líquidos. No Brasil, apenas 4% do transporte é realizado por redes dutoviárias.

Vantagens

  • tem baixo custo de operação;

  • percorre grandes trajetos;

  • conduz gases e líquidos em segurança por longas distâncias.

Os modais de transporte apresentam características complementares que, quando reunidas, podem ser utilizadas para otimizar o envio de mercadorias de um local para outro. Embora exista o predomínio do modelo rodoviário no Brasil, há potencial para o desenvolvimento de alternativas que visem o aprimoramento logístico do país.

Gostou de saber mais sobre o assunto? Então assine a nossa newsletter e comece a receber as atualizações do blog por e-mail!

Sobre o autor

Simplifica Fretes

Deixar comentário.

Share This