Logística

4 dicas essenciais para escolher o tipo de transporte da sua carga

Escrito por Simplifica Fretes

Quanto se trata de logística, escolher o tipo de transporte ideal é uma das questões mais importantes. Afinal, existem vários modais, cada um sendo mais apropriado para determinadas situações, nem tanto para outras.

Pensando em ajudar com isso, neste post veremos quais são esses tipos de translado e as suas principais características, além de algumas dicas para você acertar na escolha mais adequada às suas necessidades. Continue lendo e confira!

Os tipos de transporte de carga

Além de existirem várias modalidades de transporte em nosso país, vale lembrar que uma operação pode ser unimodal (realizada por uma única modalidade) ou multimodal (a que faz uso de dois ou mais modais) — por isso, as possibilidades são diversas. Vejamos cada uma delas:

Rodoviário

Esse transporte utiliza estradas de rodagem, por onde trafegam caminhões e outros veículos automotores. Permite uma considerável flexibilidade na escolha das rotas e quanto aos tipos de carga, porém, o seu custo é consideravelmente alto, o que o torna pouco viável para distâncias muito longas.

Ferroviário

Esse tipo de transporte, por sua vez, é um dos mais baratos, capaz de transportar grandes volumes e a longas distâncias. Além disso, ele oferece muito mais segurança (pequena possibilidade de acidentes). Seu maior inconveniente é a pouca flexibilidade quanto às rotas, pois ele depende de uma malha ferroviária existente e em condições de uso.

Aquaviário

Realizado por rios, lagos e mares, este modal também apresenta baixos custos e a possibilidade de locomoção a longas distâncias de vários tipos e quantidades de cargas. Por outro lado, ele tem como desvantagens a morosidade (pouca agilidade) e certa dificuldade de natureza burocrática no desembaraço dos seus produtos.

Aéreo

Este transporte é bem rápido e eficiente, igualmente ideal para distâncias bastante longas. O seu custo, contudo, é extremamente alto, e sua capacidade de transporte, muito limitada.

Dutoviário

O transporte dutoviário utiliza tubos e dutos por longos percursos, movimentando volumes enormes de forma direta, sendo indicado para a movimentação de petróleo e seus derivados, como álcool e gás natural, e produtos a granel. Seu custo maior advém da implantação — o que é compensado, no entanto, por seus baixos gastos operacionais (o transporte, propriamente dito).

Como escolher a melhor modalidade

Para escolher dentre todas essas modalidades, devem ser analisados vários fatores, tanto relacionados à carga quanto às necessidades do cliente. Vejamos, então, algumas dicas e os elementos mais importantes — que devem ser considerados em conjunto, não isoladamente.

1. Verificar o tipo de produto

Conforme as características específicas de cada produto, alguns tipos de transporte serão adequados, enquanto outros, não. Uma carga frágil e pequena, por exemplo, poderá ser movimentada facilmente pelos meios aéreo e rodoviário, mas não será apropriada para os modais aquático e ferroviário.

2. Determinar o prazo de entrega

Se você tem pressa na entrega, não poderá fazer uso de modais muito lentos ou burocráticos — como trens e navios. Será mais conveniente, nesses casos, optar pelo modal rodoviário ou aeroviário.

3. Checar o volume da carga

Uma aeronave não terá condições de transportar cargas pesadas e em grandes quantidades. Isso pode ser feito mais apropriadamente por meio de ferrovias, rodovias, mares e rios.

4. Avaliar o custo do frete

Se o fator custo for decisivo para o seu cliente, o modal aéreo não é o mais adequado. Nesse caso, opte por outros mais em conta, como o aquaviário ou o ferroviário.

Por fim, além desses fatores, deve-se ter em conta a documentação que acompanhará o translado: notas fiscais, manifestos e conhecimentos de carga, dentre muitos outros. A maior parte dessa documentação é emitida eletronicamente, mediante cadastro em órgãos governamentais — e sua falta poderá comprometer seriamente a operação.

Então, percebeu como escolher o tipo de transporte para cada caso é algo que exige muita atenção? Ainda assim, com estas dicas e informações você pode se aprimorar no assunto e garantir sempre a escolha certa!

Agora, esta precisando de uma cotação de frete para o transporte rodoviário de seus processos de importação e/ou exportação? Entre contato com nosso time, e solicite uma proposta!

Sobre o autor

Simplifica Fretes

Deixar comentário.

Share This